Como fazer Jejum intermitente para emagrecer
Como fazer Jejum Intermitente

Como fazer Jejum intermitente para emagrecer

O jejum intermitente é uma estratégia que vem ganhando espaço na rotina de quem quer emagrecer.

Tudo o que você precisa saber antes de começar

Os relatos de quem emagreceu com esse método são surpreendentes!

No entanto  é preciso se informar muito bem e tomar alguns cuidados para começar a seguir essa estratégia.

Mas será que isso realmente funciona?

Aprenda aqui tudo sobre o assunto.

O que é o Jejum intermitente, para que serve e como fazer.

O que é Jejum intermitente

Jejum na Prática
Jejum na Prática

Muitas dietas se aliaram ao jejum intermitente, que  se tornou bastante popular nos últimos anos entre pessoas que desejam perder peso.

Mas na realidade o que é o Jejum intermitente?

Como já é sabido, jejum é a privação total ou parcial de alimentos durante um certo período de tempo.

Normalmente nós já fazemos um período de jejum diariamente.

Que seria o tempo entre a última refeição antes de dormir, que é geralmente o jantar, até a nossa primeira refeição do dia seguinte.

Já com o jejum intermitente você precisa alternar um período sem se alimentar , o qual chamamos de “janela fechada”, e outro  período com  uma alimentação equilibrada, que chamamos de “janela aberta”

Muitos estudos têm apontado o jejum intermitente como um método que traz grandes benefícios para a saúde.

Além de auxiliar no emagrecimento saudável, ele traz como resultado a autofagia celular.

autofagia celular   de uma forma geral, é a renovação das nossas células.

E é ela que proporciona tantos benefícios para nossa saúde.

Porque o Jejum intermitente auxilia na perda de peso?

Enquanto se está em jejum, o corpo irá usar a gordura estocada como fonte de energia.

Quando estamos nos alimentando, naturalmente o nosso corpo usa a energia dos alimentos para funcionar.

Quando você acaba de se alimentar, o organismo ativa o hormônio insulina, responsável por colocar a glicose para dentro das células.

A energia que não será utilizada pelas células é armazenada pela insulina em forma de tecido adiposo, ou seja, gordura.

baner dieta jejum

Consequentemente quando não estamos ingerindo nenhum alimento, o corpo ainda precisa de energia.

Quando a energia vinda da glicose se esgota, o corpo é obrigado a usar as reservas.

Assim ele busca essa energia de outros lugares.

Ele recorre tanto ao glicogênio, uma forma de energia armazenada nos músculos, quanto ao tecido adiposo, que á a gordura.

E neste momento ativa hormônios que atuam na quebra de gordura , como o glucagon.

Ao seguir um método de jejum intermitente, o glucagon e outros hormônios que quebram gorduras ficam mais tempo atuando no organismo, o que facilita a perda de peso.

Em primeiro lugar o corpo irá liberar os hormônios, Cortisol, HGH e Adrenalina para poder usar o glicogênio estocado no fígado como fonte de energia.

Posteriormente ele vai queimar a gordura acumulada para conseguir a energia necessária.

Portanto o objetivo principal do jejum intermitente para emagrecer é fazer com que o corpo utilize os estoques de gordura e com isso haja uma perda de massa gorda.


Como fazer o Jejum intermitente

Jejum Intermitente Descomplicado
Jejum Intermitente Descomplicado

Para aderir ao Jejum intermitente, você precisa primeiro ajustar sua dieta.

Não adianta fazer horas de jejum intermitente para depois comer tudo  o que quiser, de forma exagerada e sem qualidade, nas janelas.

É necessário prestar muita atenção na alimentação quando a “janela está aberta”, para realmente aproveitar todos os benefícios do jejum.

Um bom exemplo é a combinação do jejum intermitente com uma alimentação Low Carb, para não ocasionar picos de insulina e glicose.

Como definir o período do jejum

Acredito que o jeito mais comum e também mais fácil de iniciar o jejum intermitente é pulando o café da manhã.

No entanto o mais importante é que você escolha o melhor horário para que o jejum se encaixe bem na sua rotina.

Dieta-de-21-Dias jejum

Inclusive, ao invés de pular o café da manhã, você pode deixar de jantar.

O interessante é aproveitar sempre o período do sono para ajudar a manter o jejum, já que esse é o período que normalmente já praticamos boas horas de jejum.

E assim, você vai conseguir prolongar esse tempo natural de jejum e aproveitar todos os benefícios do Jejum intermitente.

Quais são os modelos de jejum mais comuns?

Há diferentes padrões de jejuns intermitentes.

No entanto vamos citar aqui os mais utilizados.

Tipos de Jejum intermitente


Protocolo 16/8

Desenvolvido pelo sueco Martin Berkhan, propõe 16 horas de jejum e 8 horas de alimentação.

Podendo fazer entre duas e três refeições nas 8 horas em que a janela de alimentação está aberta.

Um bom exemplo é jantar às 20h e se alimentar novamente no almoço às 12h.

Esse é o exemplo mais comum, porém você pode e deve adaptá-lo da maneira que se encaixar melhor na sua rotina.

Protocolo Coma – Pare – Coma

Não se deve comer nada durante 24 horas, ou seja, nestes dias, você deve fazer uma refeição e depois só comerá de novo no mesmo horário no dia seguinte

A prática pode ser repetida até duas vezes na semana.

E nos demais dias, a dieta deve ser equilibrada.

O método 5 por 2

Criado por Michael Mosley, durante dois dias da semana, que não podem ser consecutivos, você pode comer cerca de 500 a no máximo 600 calorias por dia.

Nos demais, alimentação normal e equilibrada.

Agora independentemente do modelo, o mais importante é que elas sejam seguras, saudáveis e com alimentos de grande valor nutritivo.

Lembre-se de planejar bem os períodos de alimentação e escolher o melhor horário para o período de jejum.

É recomendado, também a orientação de um profissional da saúde que possa te acompanhar nesse processo.

O que comer nas “Janelas” do jejum

Jejum Intermitente - Janelas
Jejum Intermitente – Janelas

Na janela fechada, que é o período de jejum, deve-se ingerir somente líquidos sem calorias.

A regra de ouro é beber muita água.

Você poderá também consumir chás, sempre sem açúcar ou adoçantes.

Um exemplo de chá indicado no jejum é o Chá verde, que tem propriedades antioxidantes e ainda ajuda na queima das gorduras.

Café também é permitido durante o período de jejum.

O café inclusive pode ser particularmente benéfico nesse período, já que ele ajuda a diminuir a fome e a cafeína ajuda a acelerar o metabolismo.

Você poderá também tomar água com limão.

Lembrando que não é limonada, no período de jejum não se deve ingerir nenhum tipo de açúcar ou adoçante.

Os alimentos indicados na janela aberta, período em que a alimentação é permitida, devem ser os que aumentem a saciedade e reponham os nutrientes.

Prefira proteínas e gorduras boas,

Opte por carnes, peixes, ovos, castanhas, frutas com baixo índice glicêmico, além de muita verdura e legumes.

E evite alimentos industrializados, processados e açucarados,como por exemplo doces, massas, refrigerantes e bebidas alcoólicas.

Erros comuns ao fazer o Jejum intermitente

Muitas pessoas, após ficar muito tempo sem comer com o jejum intermitente, tentam compensar o tempo que você ficou sem comer.

Comem muito, além de ingerir alimentos processados e que agregam pouco para suprir carências nutricionais.

Ou ainda alimentos ricos em carboidratos que elevam a glicemia e levam o corpo a produzir insulina e armazenar em forma de gordura o excesso de glicose.

Outro erro comum é consumir pouca água durante o período do jejum.

A ingestão de água é fundamental para eliminar as toxinas e para manter a hidratação corporal.

Para quem não é recomendado o Jejum Intermitente

  •  
    • Gestantes ou lactantes
  •  
    • Pessoas com qualquer tipo de doença crônica;
  •  
    • Crianças e adolescentes;
  • Pessoas com tendência a compulsão alimentar

Benefícios do Jejum

  •  
    • Queima de gordura estocada;
  •  
    • Retarda o envelhecimento;
  •  
    • Estimula o paladar;
  •  
    • Acelera o metabolismo;
  •  
    • Reduz a retenção líquida;
  •  
    • Diminui a inflamação corporal;
  •  
    • Aumenta a concentração
  •  
    • Reduz a resistência à insulina;
    • Previne certos tipos de câncer

Em conclusão, quando feito de forma correta, o Jejum intermitente, aliado a uma dieta saudável e a exercícios físicos, é um excelente ferramenta para o emagrecimento definitivo.

Além de que ele pode se tornar um estilo de vida.

O que resultará em melhorias na sua saúde e qualidade de vida e ainda te ajudará a chegar no seu peso ideal.

Sabe a Dieta de 21 dias ela usa em parte do seu protocolo o Jejum Intermitente.

Clique aqui para conhecer a Dieta de 21 Dias pela narrativa de alguem que comprou e testou a Dieta!

E se seu objetivo é emagrecimento saudável, você está no lugar certo!

Nosso site está repleto de dicas para te ajudar a chegar no seu objetivo da melhor maneira

Aproveite e já baixe grátis o seu Diário de dieta e comece agora mesmo a conquistar resultados incríveis através da sua alimentação.

Deixe uma resposta